19/OutManuel Pititinga
00:00 / 09:55
71-991232375Participe!
00:00 / 00:11
  • Robson Custódio

"O Bahia Que Vejo" Edição 001/Versão 2021 - 24 de Abril 2021- C/Antônio Jorge Moreira Garrido

Atualizado: Jul 9

NO FACEBOOK GRUPO BAHÊA AMOR PAIXÃO

NOSSA META É DE 50MIL MEMBROS.

SOLICITE SUA PARTICIPAÇÃO:

➡️https://www.facebook.com/groups/baheaamorepaixao/

Edição 001- Versão 2021

24 de Abril 2021


Esta coluna reflete minha pessoal opinião de como VEJO o nosso clube, em campo e fora dele.

O tema dará título à Coluna.

Essa opinião será, sempre, apenas,

O BAHIA QUE VEJO!

"Peço aos que se sentirem satisfeitos, lendo nossa coluna, contribuam com o BAP que, para concretização de seus projetos, necessita da ajuda de todos os Internautas e Membros do Grupo Bahêa Amor Paixão".

Faça como eu, contribua com qualquer valor mensalmente para manter o site no Ar e idealizações dos projetos do Bap..

Clique no Botão DOAR acima!


A REFORMULAÇÃO NECESSÁRIA CHEGOU!

E, chegou, ou está chegando, muito tarde!

Não foi pouco o sofrimento de todos os tricolores, no final do Brasileirão passado, ao ver de perto a possibilidade real de cair para a 2ª divisão.

Os dirigentes anteriores e, praticamente, re-eleitos, brincaram com fogo e, por pouco, não se queimaram.

Só que, qualquer dirigente do Bahia, tem que saber, e em momento algum esquecer, que os apaixonados pelo Bahia, não comem, deixam de gastar com aquisição de necessidades básicas, para ver o seu BAHÊA GANHAR ( não somente jogar).

É uma responsabilidade muito grande dirigir um clube, com a paixão que o rodeia, sabendo que, se perder a

partida, aquela criança, filha (ou filho) não dormirá e,

talvez, nem queira se alimentar.

Foi por isso que eu levei, lá dentro, ajudando, sem nada receber por isso, 45 anos de trabalho em todos os departamentos.

Agora, passado o susto do ano anterior, estão tentando fazer uma reforma no elenco, aos poucos, lentamente, mas, pelo que mostrou, até agora, insuficiente para alegrar aos apaixonados “torcedores de aço”.

É preciso se conscientizar, de uma vez por todas, que o Bahia talvez seja o único time de futebol do mundo sem torcida.

É fato, e explico.

Quem gosta do Bahia, se apaixona!

Aqueles que amam o Bahia, o fazem apaixonadamente!

E ponto final!

Não se pode tentar fazer uma gestão meia-boca!

Olhando somente o lucro na venda de um atleta, venda esta que eu sempre concordei, pois sempre pensei

“ jogador de futebol é um bem móvel, e perecível”.

E, isto é fato!

Lembram-se de Ávine?

Estava vendido por U$5 milhões, jogou uma partida, já vendido, foi lesionado, gravemente, e ficou inutilizado como jogador de futebol.

Perdemos a grana. Achou uma quantia alta, venda!

Fico assustado porque, agora, está sendo feito, quase, o mesmo trabalho do ano anterior.

Se assim não fosse, alguém tem que me explicar porque o Ceará trouxe o MENDOZA, que já tinha vestido essa nossa camisa, foi embora por causa de dinheiro e, agora, vem para o Ceará, clube que se rivaliza com o nosso, mas não tem a marca forte, que o Bahia tem, inclusive internacionalmente.

O Ceará tem, agora, mais recursos financeiros que o Bahia?

Qual o torcedor que pode aceitar, no lugar de Mendoza, um louco, desparafusado, atrapalhado, chamado ALESSON, que do alto dos seus 20 anos de idade, e 01 metro de altura (talvez um pouco mais), veio para o time de transição, e algum gênio do Dep.de Futebol do nosso tricolor, resolve transferi-lo para o plantel principal.

Isso afeta os torcedores religiosos do nosso clube ( sim, porque o Bahia é uma espécie de religião, onde a Fé suplanta qualquer outra coisa, e faz nosso símbolo

personificado “Binha” dizer que iremos ser campeões do mundo, goleando o Real Madrid).

Porém, nossos queridos irmãos tricolores, não podem continuar a perseguir os atletas em campo, sem vaiar, por não poder estar presente, mas usar as Redes Sociais para queimar técnico, jogadores que, reconhecidamente, lutam, suam a camisa, e buscam os TRIUNFOS ( alguém sabe que foi eu quem criou a expressão TRIUNFO no lugar de VITÓ...dentro do clube, em reuniões de Diretoria, do Conselho, nos treinos, a todo momento, durante mais da metade dos 45 anos que lá passei?)

Temos um clube que amamos, e precisamos que ele ganhe, porém saibam, e tenham na memória, que o clube é representado, e ganhará ou perderá, dependendo daqueles onze, mais seus reservas, que estiverem em campo, DEFENDENDO O NOSSO CLUBE.

Culpar e criticar, postando no WhatsApp, os nomes de

Douglas, que já fez CENTENAS DE DEFESAS MILAGROSAS, e falhou, sim, uma ou dez vezes, mas errar é humano e o goleiro não pode errar, nunca?

Quantos gols Gilberto perdeu e tem perdido? Inúmeros, mas quantos fez? Demais, bastantes.

Rossi quando veio, fez apresentações ridículas, e todo o mundo o sacrificava, talvez pelo posicionamento em campo, com Mano Menezes.

E agora? É ídolo, e faz falta. No Uruguai, sentimos sua ausência.

Agora me diga quem o fez melhorar? O treinador Dado Cavalcanti, que mudou a cara do time. Goleadas inúmeras, um time que sofria gols em todas as partidas, agora tem uma defesa sólida, e não é pelos zagueiros.

´

É o dedo de Dado Cavalcanti, que fez o Bahia ser uma outra equipe. Já estão querendo sua cabeça.

Porque?

A torcida, se agir corretamente, é, sim, o 12º jogador!

Esse é o Bahia que queremos!

Continuarei de olho e direi, para vocês,

O BAHIA QUE VEJO!

ANTONIO JORGE M. GARRIDO

AUDITOR INDEPENDENTE

INST.DOS AUDITORES INDEPENDENTES DO BRASIL

Membro 2ª Regional sob nº 141- Cadastro Nacional nº 585

IBRACON- INST BRA. DE CONTADORES nº 369

Câmara Auditores Independentes 2ª Regional

BEL.EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Crc. Ba. 2.406

Tel. 71) 99112.1931

Texto (Oficial) Colunista: Antônio Jorge Moreira Garrido

Data: 24 de Abril de 2021


1 visualização0 comentário
www.bapecbahia.com.jpg
SEU CONDOMÍNIO! NOSSA ESPECIALIDADE!.jpg
LOJA-BAP -png

Nota de Pesar