19/OutManuel Pititinga
00:00 / 09:55
71-991232375Participe!
00:00 / 00:11
  • Robson Custódio

"O Bahia Que Vejo" Edição 002/Versão 2021 - 08 de Maio 2021- C/Antônio Jorge Moreira Garrido

Atualizado: Jul 12

NO FACEBOOK GRUPO BAHÊA AMOR PAIXÃO

NOSSA META É DE 50MIL MEMBROS.

SOLICITE SUA PARTICIPAÇÃO:

➡️https://www.facebook.com/groups/baheaamorepaixao/

Edição 002- Versão 2021

08 de Maio 2021


Esta coluna reflete minha pessoal opinião de como VEJO o nosso clube, em campo e fora dele.

O tema dará título à Coluna.

Essa opinião será, sempre, apenas,

O BAHIA QUE VEJO!


"Peço aos que se sentirem satisfeitos, lendo nossa coluna, contribuam com o BAP que, para concretização de seus projetos, necessita da ajuda de todos os Internautas e Membros do Grupo Bahêa Amor Paixão".

Faça como eu, contribua com qualquer valor mensalmente para manter o site no Ar e idealizações dos projetos do Bap clicando no botão DOAR acima!


A INSATISFAÇÃO RETORNA!


HÁ ALGUM MOTIVO PARA ISTO?


Não!

Não concordo com as manifestações de insatisfação, com a equipe, pelos seus desempenhos em jogos recentes, nem quanto à sua formação, nem também pelas suas atuações, depois que o nosso treinador passou a comandar o elenco.

E porque afirmo isso?

Depois que o Dado assumiu o comando técnico, a equipe apresenta jogadas ensaiadas, várias goleadas em equipes adversários, com 7x1, 5x0, 4x0, etc. raramente tendo dificuldades de abater o inimigo.

Perdeu algum jogo?

Sim, perdeu para o Ceará, o que sempre aconteceu anteriormente.

Já é tabu!

Natural, faz parte do jogo, vencer, empatar ou perder.

E, temos que reconhecer, o Ceará tem um plantel melhor, e mais “bem treinado” que vem demonstrando, em campo, seja qual for o adversário, o seu valor e sua eficiência. Nossa equipe, e seu plantel, vem sendo formado à medida que os novos contratados vão chegando e mal descem no aeroporto, já chega regularizado, e vai pro jogo. Falta conjunto, entrosamento. As exigências, muitas vezes são esdrúxulas, as insatisfações estapafúrdias, quanto à equipe, como um todo, ou, simplesmente, quando se deseja criticar um jogador, em especial.


Nunca concordei com o princípio que o torcedor, pelo simples ato de pagar o ingresso, adquiria o direito, também, aliado ao de assistir a partida, de vaiar toda a equipe, ou apenas um jogador.

Não!

Ele não tem esse direito.

Não se imagina, sequer em pensamento, que num teatro, tipo Municipal do Rio de Janeiro, ou no Castro Alves, aqui na Bahia, cujo ingresso você pagou caro, e está numa plateia seleta, assistindo uma exibição de um corpo de Ballet Internacional, pudesse ocorrer vaias, imediatamente após a ocorrência de uma falha, de um dos integrantes do elenco.

Você vaiaria?

Você, ao comprar o ingresso ( caríssimo) , teria adquirido, também, esse direito à vaia?

Não!

No máximo, o que já seria uma tremenda falta de educação, se levantaria, e se retiraria da plateia.

Mas, no futebol, infelizmente, a educação do público permite esse comportamento, mesmo que, quase sempre, cause um efeito reverso, pois a equipe, sendo vaiada, enquanto trabalha em campo, tende a ficar amedrontada, nervosa e não conseguirá produzir mais nada de útil, em campo.

Você, em seu escritório, ou local semelhante, em pleno trabalho, sendo repreendido, deseducadamente, ainda conseguiria trabalhar, produzindo bem, com sucesso?

Com certeza,

Não!

Por isso, afirmo que não ajuda em nada, ao nosso atleta e, por via de consequência, ao nosso Bahia, as suas vaias, ou comentários desairosos (atualmente, as vaias transformaram se em mensagens e comentários depreciativos, pela rede social, vez que o acesso, ao estádio, é proibido).


Perdemos para o Ceará, dentro de casa, e muitas falhas podem ter ocorrido, oriundas de críticas, que os atletas leram no WhatsApp, durante a semana (ainda bem que não há público no estádio).


É necessário que se evite, de todas as formas, os comentários negativos sobre um, ou mais, dos nossos jogadores, através de qualquer rede social.


Uma mensagem na Internet viraliza numa velocidade estonteante.

Em pouco tempo, uma mensagem se transforma em milhares ou milhões.


O nosso treinador atual, apesar de novo, na idade, compensa sua falta de experiência, com sua inteligência, e sabe substituir no banco.


Muito melhor que o anterior Mano Menezes.

Apenas uma vez, detectei um erro dele.

Contra o Ceará, no último jogo, quando o zagueiro Luiz Otávio, deu uma “voadora” criminosa num atleta adversário, ainda aos 20mts do 1o tempo, nosso treinador pra recompor a zaga, fez entrar Juninho, no lugar de um meio-campista, Daniel, desmanchando a estrutura da linha intermediária da equipe, quando o certo seria retirar um meia atacante, (o nosso atacante argentino Oscar Ruiz nada produzia) porque, todos sabem, e não me canso de repetir, o meio-de-campo de uma equipe é sua espinha dorsal.


A intermediária protege a defesa e municia o ataque!

Voltem ao jogo e digam como nasceu o gol do Ceará, no último minuto de jogo?

Veio de uma falta, cometida por um volante, que, sozinho, na intermediária, com a falta de Andrezinho, que havia sido substituído, lhe faltou pernas e cometeu falta desnecessária e

perigosa, que redundou no gol castigo, pela substituição errada.

Mas, foi a única vez.

Relembrem, por favor, alguns jogadores que a torcida queimou, com vaias e comentários nas redes sociais:

Daniel Alves – Zé Roberto - Talisca – Becão (sucesso na Europa, sendo cogitado por diversos cubes) – Vina,( arrasando no Ceará), entre tantos outros.


Parece, e isso podemos até acreditar, que o nosso Presidente Belintani não carrega, com ele, bons fluidos, passando já pela 2a gestão, sem vencer nenhum título Nacional ou Regional ( o baianinho não vale.).


Vamos ter fé, porque nada está perdido, antes que o apito final o decida.

Esse é o Bahia que queremos!


Continuarei de olho e direi, para vocês,


O BAHIA QUE VEJO!


ANTONIO JORGE M. GARRIDO

AUDITOR INDEPENDENTE

INST.DOS AUDITORES INDEPENDENTES DO BRASIL

Membro 2ª Regional sob nº 141- Cadastro Nacional nº 585

IBRACON- INST BRA. DE CONTADORES nº 369

Câmara Auditores Independentes 2ª Regional

BEL.EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Crc. Ba. 2.406

Tel. 71) 99112.1931

Texto (Oficial) Colunista: Antônio Jorge Moreira Garrido

Data: 08 de Maio de 2021

2 visualizações0 comentário
www.bapecbahia.com.jpg
SEU CONDOMÍNIO! NOSSA ESPECIALIDADE!.jpg
LOJA-BAP -png

Nota de Pesar